Horário: De Segunda à Sexta das 9.00 às 18.00 horas

Exposição: Arte Sagrada da Mandala de Areia

É com enorme satisfação que a Tibet House Brasil comunica que o Lama Losang Samten estará mais uma vez em São Paulo para demonstrar todo o seu talento na criação da Sagrada Arte Tibetana da Mandala de Areia. A exposição e criação da mandala acontecerá, entre os dias 23 e 26 de novembro, no vão livre do Conjunto Nacional da Av. Paulista, bem em frente a entrada da livraria Cultura.

A TIBET HOUSE BRASIL é um centro cultural que busca preservar e promover a herança cultural e espiritual tibetana que tem sua base na compaixão, não-violência, altruísmo e paz interior, além de promover a visão de Sua Santidade o Dalai Lama por um mundo mais pacífico e compassivo.

EXPOSIÇÃO
Conjunto Nacional
Av. Paulista 2073 – Sao Paulo

23, 24 e 26 de novembro
das 11h às 14h

das 15h às 18h

25 de novembro
Das 15h às 18h

MANDALA é uma palavra sânscrita que significa essência ou círculo.  As sagradas mandalas tibetanas de areia são usadas para ressaltar a prática espiritual, aprimorando o corpo, a fala e a mente das pessoas, além de beneficiar o ambiente. Por isso, nada na mandala é arbitrário. O artista, utilizando areia colorida, gradualmente vai dando forma a imagens ricamente elaboradas. As cores e os desenhos de cada mandala têm um significado profundo que vem dos antigos ensinamentos do Buda. De acordo com os ensinamentos, cada cor serve como um antídoto para uma determinada emoção negativa. Logo que o artista termina sua obra, há uma pequena cerimônia para desmanchá-la.

LOSANG SAMTEN destacou-se na arte tibetana criando mandalas sagradas de areia que seguem a antiga tradição budista. Já construiu mandalas em renomados museus, universidades, escolas, centros comunais e galerias nos Estados Unidos, Canadá, México e também na Europa. Recebeu o National Heritage Fellowship do National Endowment of the Arts, um PEW Fellowship e dois títulos de doutor honoris causa do Trinity College em Hartford, Connecticut, e do Main College of Art.  Além disso, Ven. Losang foi responsável por supervisionar a construção das mandalas de areia na ocasião em que interpretou o papel de assistente do jovem Dalai Lama no filme Kundun, de Martin Scorsese.